Category Archive : GERAL

Carlinhos Maia tá nem aí: 47 funcionários pegam covid após festa

Ao todo, 47 pessoas que trabalharam na festa de Natal promovida pelo digital influencer Carlinhos Maia estariam infectadas pela covid-19. A informação é do colunista do UOL Erlan Bastos. Segundo ele, duas pessoas estão na UTI. O influenciador nega e diz que só recebeu agradecimentos dos colaboradores.

De acordo com o colunista, nem todos que participaram tiveram que fazer o exame para detectar a doença e não era obrigatório o uso de máscaras.

Entre os famosos presentes no evento, a influenciadora Mileide Mihaile também testou positivo para a doença. A ex-mulher de Wesley Safadão confirmou nas redes sociais que está com covid-19. “Infelizmente, testei positivo para covid-19 e estou me resguardando. O importante é que estou me sentindo muito bem, estou super assistida, bem cuidada, mas isolada. Neste Natal, vou sentir sentir o amor de longe e pelo vidrinho da minha varanda”, afirmou.

Além dela, o ex-BBB Victor Hugo, que participou de uma live com Lucas Guimarães, marido de Carlinhos, dias antes da festa, também testou positivo para a doença. Ele chegou a ficar seis dias internado e recebeu alta nesta sexta-feira.

Carlinhos Maia ignorou a pandemia no último fim de semana ao realizar uma festa para centenas de pessoas em Penedo (AL), e também deu de ombros a quem testou positivo para a Covid-19 após participar de sua aglomeração particular. Em vez de usar suas redes sociais para prestar apoio e solidariedade a Mileide Mihaile e Laís Araújo –que cantou no evento e está acamada há dias com fortes dores no corpo–, Carlinhos veio a público apenas para xingar Felipe Netto, Rafinha Bastos e Felipe Castanhari, que o criticaram por promover aglomeração em plena pandemia. Com um linguajar chulo e xingamentos adolescentes, Maia chamou Neto de “peste”, Bastos de “fedorento” e Castanhari de “Frank Sten Jr, que a reportagem acredita ter sido uma tentativa de “Frankenstein Jr.” –monstro do clássico de Mary Shelley (1797-1851).

Fontes: Maceio Urgente com Correio Braziliense e Notícias da TV

Entidade seleciona negros brasileiros para programa de desenvolvimento de líderes

Você é ou conhece jovens líderes negrxs que têm uma ideia para transformar uma comunidade, contribuir com uma causa e muita vontade de se desenvolver? Estão abertas as inscrições para o Programa Desenvolvimento de Líderes de Impacto!

Serão selecionados 60 jovens negros e negras, de todo o Brasil, para receber mentorias, capacitações e ajuda de custo. Ao final do programa, participarão de uma banca de investimentos com um total de até R$ 100 mil para ser investido no(s) projeto(s) escolhido(s). O programa é uma realização do @institutoekloos com o apoio do @institutococa-colabrasil.

Inscrições até 22/12 às 18h

Confira no link: CLIQUE AQUI

É Fake News: não foi a Coca Cola que vestiu o Papai Noel de vermelho

Em tempos de Fake News, resolvi investigar um mito que é contado nas aulas de marketing e comunicação há muitos anos: que foi a Coca Cola que vestiu o Papai Noel de vermelho. Para tanto, entrei no site da própria Coca Cola e descobri que NÃO.  Eles afirmam que, antes mesmo da Coca Cola ser criada, já havia registros do Papai Noel usando roupas vermelhas.

Contudo, o que a marca fez foi contribuir com a construção da imagem do Bom Velhinho bonachão e fofo, como conhecemos hoje. Antes, ele era retratado de várias maneiras: alto e magro; baixo e elfo; distinto e intelectual e até assustador. Foi em 1931 que a Coca Cola contratou o artista sueco-americano Haddon Sundblom para pintar o Papai Noel em seus anúncios de Natal. A partir de então, a imagem cativou o público e se espalhou pelo mundo, mudando a percepção de como seria um Papai Noel, para sempre.

Claro, desde então, muita coisa mudou e neste ano até vemos uma importante empresa de cosméticos trazendo um Papai Noel negro. E porque não? A representatividade das diferentes etnias precisa ser debatida urgentemente, inclusive passando pelo Papai Noel. Também poderíamos pensar em um Papai Noel mais magro em tempos de altas taxas de colesterol e aumento do diabetes; ou em uma Mamãe Noel mais empoderada e não apenas atuando como coadjuvante.

Enfim, a ideia não é apagar do mapa o nosso conhecido Papai Noel, mas sim suscitar importantes reflexões, pois este é também papel do marketing. Contudo, independentemente das características físicas do Papai Noel, o importante é que cada vez mais ele não só represente uma data comercial e um símbolo do consumismo, mas também, que ajude a construir o espírito natalino que surge nesta época, com amor, solidariedade, alegria e principalmente, com tolerância.

 

Autora: Drª Shirlei Miranda Camargo é professora tutora do curso de Gestão Comercial do Centro Universitário Internacional Uninter.

Renan Filho inaugura Rodovia Portal dos Cânions e diz que obra estrutura o turismo

Principal via de acesso aos Cânions do Rio São Francisco, a Rodovia Portal dos Cânions, em Olho D’Água do Casado, Sertão de Alagoas, foi entregue na manhã desta quarta-feira (16) pelo governador Renan Filho. A obra de implantação e pavimentação possui 3,6 quilômetros de extensão e investimento de R$ 5,8 milhões em recursos do Tesouro Estadual.

“Estamos entregando uma obra capaz de estruturar o turismo na região, desenvolver Olho D’Água do Casado e gerar emprego e renda. É isso que as pessoas precisam”, afirmou Renan Filho, ao lado do prefeito do município, José dos Santos, o “Zé da Emater”; do deputado federal Paulo Fernando dos Santos, o “Paulão”, e dos secretários de Estado de Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral; e da Mulher e dos Direitos Humanos, Maria José.

 

Todo o percurso da nova rodovia foi contemplado com serviços de drenagem, sinalização horizontal e vertical, além da implantação de ciclovia até a orla, na conhecida “Prainha da Dulce”, às margens do São Francisco.

“É emocionante ver uma rodovia que dá acesso a uma das paisagens mais bonitas do mundo, que são os Cânions do São Francisco. Esses 3,8 quilômetros vão mudar totalmente o dia a dia aqui da região e da cidade de Olho D’Água do Casado”, avaliou Mosart Amaral.

Junto a um grupo de ciclistas, Renan Filho pedalou até a Prainha da Dulce, onde descerrou a placa inaugural da obra.

Ciclista, a servidora pública municipal Eliane Marques, 35 anos, falou da importância da obra para a comunidade e a indução da atividade turística em Olho D’Água do Casado. “Aqui não havia ciclovia como temos hoje. Para a comunidade foi um ganho muito grande e para o turismo, muito importante porque temos agora um acesso de boa qualidade, uma pista maravilhosa e segura até a margem do Rio São Francisco”, destacou a ciclista, que também fez o percurso.

A obra foi executada por meio do programa Pró-Estrada, através da Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand). “Está entregue o caminho para Olho D’Água do Casado se desenvolver, principalmente no turismo regional, porque por aqui temos o melhor acesso aos Cânions do Talhado e para o Lago de Xingó, pelo lado de Alagoas”, observou o prefeito Zé da Emater.

A construção da rodovia conta ainda com estacionamento para veículos, que chegam diariamente por meio da promoção do turismo regional. O deputado Paulão foi um dos que, ao lado do prefeito de Olho D’Água do Casado, lutaram para a construção da rodovia.

 

“Essa obra foi feita em parceria. A gente discutiu na CMO (Comissão Mista de Orçamento) para destinar uma emenda, mas houve um imprevisto e o governador, entendendo a importância da obra, assumiu o papel orçamentário e financeiro, que é o mais difícil. Então, o sonho se tornou realidade”, recordou o parlamentar.

Mais investimentos

Em seu discurso, Renan Filho anunciou que o Governo do Estado vai entregar, no primeiro semestre de 2021, o Hospital Regional do Alto Sertão, em Delmiro Gouveia. Ele garantiu, ainda, a instalação de um Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) e de um conjunto habitacional em Olho D’Água do Casado.

O município também será contemplado com obras do Programa Minha Cidade Linda. A iniciativa garantirá, com recursos da ordem de R$ 400 milhões, a pavimentação de vias urbanas nas 90 menores cidades alagoanas.

 

Renan Filho também conversou com lideranças do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), que prestigiaram o evento. Ele garantiu ao agricultores que vai trabalhar para expandir as obras de abastecimento de água destinado à irrigação e à inclusão produtiva.

“Fortalecemos o abastecimento de água nas áreas urbanas do Sertão, mas precisamos, cada vez mais, levar água para a zona rural. Esse também é um compromisso meu aqui com o povo de Olho D’Água do Casado”, assegurou o governador.

Governo envia ao STF cronograma de vacinação contra a Covid-19

Ministro da Saúde não informou datas, mas prevê que imunização da população deve durar 16 meses

O governo enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) o cronograma de vacinação contra a Covid-19, sem informar datas, mas prevê que a imunização de toda a população deve demorar um ano e quatro meses. De acordo com o Ministério da Saúde, após a Anvisa registrar ou autorizar o uso emergencial de uma vacina e o imunizante ser entregue ao Complexo de Armazenamento do Ministério da Saúde, a distribuição para os estados ocorrerá em até cinco dias.

O envio do cronograma atende a determinação do ministro Ricardo Lewandowski, que pediu previsão de datas de início e término de vacinação, após o governo entregar um Plano de Vacinação sem detalhar os prazos. O ministro determinou ampla publicidade ao cronograma. Leia a íntegra.

A primeira fase, de responsabilidade do Ministério da Saúde, consiste na elaboração e apresentação do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 que prevê todas as etapas da vacinação contra a Covid-19, inclusive com a divisão de responsabilidades entre os entes da Federação em cada uma de suas etapas. Essa fase já foi concluída com a disponibilização do plano ao STF.

A segunda fase consiste no planejamento e coordenação das ações da logística de distribuição realizada entre o Ministério da Saúde, os 26 Estados e o Distrito Federal. Registrada uma vacina ou autorizado o uso emergencial de um imunizante, bem assim seja o imunobiológico adquirido (nos termos da legislação pertinente) e entregue no Complexo de Armazenamento do Ministério da Saúde, a previsão de distribuição para Estados e Distrito Federal é de até cinco dias.

A terceira fase compreende o planejamento e coordenação das ações de logísticas de distribuição dos Estados e Distrito Federal para os Municípios. Importa esclarecer que é da competência dos Estados e do Distrito Federal a distribuição do imunobiológico aos seus respectivos municípios e regiões administrativas, contando com o apoio logístico do Ministério da Saúde.

A quarta fase é a execução da vacinação que é realizada pelos Municípios, com apoio e coordenação dos Estados, Distrito Federal e Ministério da Saúde. O período de vacinação para cada grupo prioritário é de aproximadamente trinta dias. Portanto, da fase inicial até o término da vacinação dos quatro grupos prioritários, grupos esses que foram definidos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, estima-se lapso temporal aproximado de quatro meses, ou seja, cerca de trinta dias para conclusão de cada um dos grupos prioritários.

O Ministério da Saúde estima que no período de doze meses concluirá a vacinação da população em geral, o que dependerá, concomitantemente, do quantitativo de imunobiológico disponibilizado para uso, completando-se o plano de vacinação em um total de aproximadamente dezesseis meses.

A quinta e última fase consiste no monitoramento e rastreabilidade, tendo em vista que as vacinas possuirão previsões em sua bula de prazo distintos para a aplicação da 2ª dose. Neste caso, o monitoramento e rastreabilidade permitirá que as doses sejam ministradas no público correto.

Governo assina contrato da concessão dos serviços de água e esgoto da Região Metropolitana na sexta-feira (18)

O Governo de Alagoas e a empresa BRK Ambiental assinam, na próxima sexta-feira (18), o contrato de concessão da Casal (Companhia de Abastecimento de Alagoas). O evento acontecerá no Palácio República dos Palmares, às 10h, com coletiva de imprensa online e inscrição prévia, além de transmissão ao vivo para toda a população por meio dos canais do Governo de Alagoas e da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) nas redes sociais.

A assinatura marca o início do processo da transição entre a Casal e a BRK Ambiental – empresa privada que venceu, no dia 30 de setembro, o leilão organizado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a concessão regionalizada dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário da Região Metropolitana de Maceió.

Com a solenidade, a BRK assumirá em até 180 dias a concessão dos serviços de água e esgoto de 13 cidades da Região Metropolitana de Maceió, que reúnem 1,5 milhão de habitantes. Após apresentar a proposta de maior outorga fixa ao Estado, com o valor de R$ 2 bilhões, a empresa assinará um contrato de 35 anos para investir outros R$ 2,6 bilhões em infraestrutura ao longo do período de concessão – aplicando R$ 2 bilhões já nos seis primeiros anos.

Coletiva de imprensa

Após a solenidade, haverá uma coletiva de imprensa online, respeitando os decretos do Governo de Alagoas quanto ao distanciamento social e evitando aglomerações. Desta forma, os jornalistas poderão acompanhar a transmissão por meio dos canais de comunicação do Governo de Alagoas e da Sefaz no Instagram, Facebook e Youtube.

Para participar da coletiva, os jornalistas deverão enviar as perguntas, com sua identificação e o veículo ao qual pertencem, através do link https://bit.ly/2LtjIWo

Duplicação de Maceió a Arapiraca será entregue até o final de janeiro de 2021

Governador Renan Filho e secretário do Transporte, Mosart Amaral, visitaram a obra nesta sexta-feira (11)

A duplicação da AL-220, entre Maceió e Arapiraca, será entregue até o final de janeiro de 2021. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (11) pelo governador Renan Filho, durante visita à obra, ao lado do secretário de Estado do Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral.

“Essa é a obra mais importante para o desenvolvimento de Alagoas, que vai criar uma sinergia muito positiva entre as duas maiores cidades do estado, facilitar o escoamento da produção e trazer mais segurança para o cidadão que trafega por aqui”, afirmou Renan Filho.

Segundo ele, apenas um trecho de 4 km de extensão, nas imediações da Usina Porto Rico, não será entregue até o final de janeiro. Isso porque foi necessário fazer uma readequação no trajeto. A previsão é de que a intervenção seja concluída até o final do primeiro semestre de 2021.

“Esse era um trecho muito complicado, onde havia afundamento da rodovia e também muitos acidentes. Com a mudança do trecho, vamos tirar a sinuosidade, as curvas do traçado, para fazê-lo mais retilíneo, o que vai garantir muito mais segurança viária ao cidadão e deixar a cidade de Arapiraca ainda mais próxima de Maceió. Isso, somado à duplicação, vai reduzir o tempo de viagem em aproximadamente 30 minutos”, explicou o governador.

“O custo também vai diminuir consideravelmente, além de encurtar a distância com o novo traçado. A gente espera, no mais breve espaço de tempo possível, também concluir esse trecho”, acrescentou Mosart Amaral.

A obra de duplicação da AL-220 possui 81 km de extensão e investimento total de R$ 183 milhões. Dos três trechos em que foi dividida a duplicação, o primeiro deles já foi entregue, em 2018, compreendido entre a Barra de São Miguel e São Miguel dos Campos. São 18 km de extensão e R$ 48,5 milhões em recursos aplicados.

Os trechos II e III estão em obras. Eles ficam compreendidos, respectivamente, entre São Miguel dos Campos e Campo Alegre, com 31km de extensão; e entre Campo Alegre e Arapiraca, com 32 km.

O governador e o secretário sobrevoaram toda a extensão da obra e visitaram a pé o trecho II, justamente no local onde o traçado da pista está sendo alterado. O diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Hélder Gazzaneo; e o superintendente de Obras do órgão, Iran Menezes, também participaram da inspeção.

“Aproveitamos para sobrevoar o município de Taquarana, onde estamos também reconstruindo a rodovia que liga Arapiraca até a BR-316. Também passamos por Coité do Noia, onde visitamos a obra que liga a cidade até o Distrito do Oitizeiro. No começo de janeiro, vamos iniciar com toda a velocidade a obra que liga o Cadoz, em Limoeiro de Anadia, até Taquarana, o que vai aproximar as cidades, diminuir as distâncias e induzir o desenvolvimento”, acrescentou Renan Filho.

Investimentos para 2021

O governador falou ainda das obras que serão executadas a partir do próximo ano, a exemplo da duplicação de Arapiraca até a BR-101, em São Sebastião; e de Arapiraca a Delmiro Gouveia.

“Vamos também duplicar de Arapiraca a Palmeira dos Índios. São duas das maiores cidades de Alagoas. Duplicaremos ainda de Arapiraca até Delmiro, passando por Major Izidoro, Batalha, Olho D’Água das Flores, São José da Tapera, Olho D’Água do Casado e Piranhas”, pontuou o governador.

De acordo com ele, no dia 21 de dezembro acontecerá a licitação para execução das obras referentes aos dois primeiros trechos da duplicação Arapiraca – Delmiro Gouveia. “O primeiro será de Arapiraca até Major Izidoro e o segundo, de Major Izidoro até Olho D’Água das Flores”, citou.

Por fim, Renan Filho deu detalhes sobre o avanço das obras de duplicação da AL-101 Norte, de Maceió à Barra de Santo Antônio. “Estamos terminando, também, até o final de janeiro, o primeiro trecho até a Garça Torta e da Garça Torta para lá vamos iniciar para entregar pronto em 2022. Alagoas é hoje, sem dúvidas e sem medo de errar, o Estado que mais investe em novas rodovias”, finalizou Renan Filho.

Veja o que abre e o que fecha em Alagoas no feriado de Nossa Senhora da Conceição

Feriado será nesta terça-feira (8). Comércio de Maceió e Arapiraca permanecem abertos. Shoppings vão manter funcionamento normal.

Apesar do feriado de Nossa Senhora da Conceição, celebrado nesta terça-feira (8), as lojas do Centro de Maceió e de Arapiraca e os principais shoppings funcionam em horário normal. As compras de dezembro representam lucros para os lojistas. Eles querem também compensar as vendas que foram suspensas durante o fechamento das lojas por causa da pandemia.

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio-AL) reforça os cuidados que consumidores e lojistas devem ter em relação às normas de segurança sanitárias para evitar a propagação do novo coronavírus.

A recomendação é para que se continuem observando medidas como o uso obrigatório de máscara; a medição da temperatura; a higienização das mãos com álcool em gel 70% e respeito à distância mínima entre as pessoas, dentre outras recomendações sanitárias.

Bancos

 

As agências bancárias estarão fechadas e só voltam a funcionar normalmente na quarta-feira (9).

Comércio em Maceió

 

As lojas do Centro de Maceió abrirão das 8h às 17h, segundo a Aliança Comercial.

Shoppings

 

O Parque Shopping Maceió, o Shopping Pátio Maceió e o Maceió Shopping manterão o horário de atendimento, funcionando das 10h às 22h. As lojas do Arapiraca Garden Shopping vão funcionar em horário normal, das 10h às 22h. Somente o Já! e o Detran fecham.

Supermercados

 

Assim como os shoppings, os supermercados abrirão no Dia de Nossa Senhora da Conceição. O Atacadão abrirá das 7h às 22h e as lojas da Rede Unicompra manterão o horário normal.

As três unidades do Palato funcionarão normalmente: Palato Farol, das 7h às 22h; Palato Parque, das 7h às 20h; e Palato Ponta Verde, 24h. O Maxxi Atacado vai operar das 8h às 18h. Já o BIG Bompreço estará aberto normalmente, das 7h às 20h, e o Sam’s Club, das 9h às 20h. O Super Bompreço funcionará das 7h às 20h. As lojas Todo Dia abrirão das 7h às 20h, em Maceió, e das 6h às 21h, no interior do Estado.

Cidades do interior

 

Os Sindicatos do Comércio Varejista de Palmeira dos Índios (Sindilojas Palmeira) e de União dos Palmares (Sindilojas União) orientam as empresas que desejarem abrir a fazerem acordo observando a legislação trabalhista.

No agreste, o centro de Arapiraca abrirá em horário normal, como informou o Sindilojas Arapiraca. E, em Penedo, o comércio funcionará até às 14h, segundo comunicou o Sindilojas Penedo.

Trens e VLTs

 

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) informou que os trens funcionarão com grade horária reduzida, voltando à normalidade na quarta-feira (9).

Repartições Públicas

 

A assessoria da Prefeitura de Maceió informou que todos os órgãos municipais serão fechados nesta terça-feira.

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL), o Ministério Público e a Defensoria Pública do Estado informaram que o feriado foi antecipado para segunda-feira (7), portanto, os órgãos vão funcionar normalmente na terça.

 

MEC muda para 1º de março aulas presenciais nas universidades federais

O Ministério da Educação (MEC) mudou, de 4 de janeiro para 1º de março, o início das aulas presenciais nas instituições federais de ensino superior. A nova data foi definida em portaria publicada na edição extra do Diário Oficial da União, nessa segunda-feira (7).

O documento recomenda que, para a realização das aulas presenciais, as instituições deverão observar os protocolos de biossegurança para o enfrentamento da pandemia da covid-19.

A portaria anterior, publicada no Diário Oficial no dia 2 de janeiro, que determinava a retomada das aulas em janeiro, não foi revogada, mas alterada no trecho que trata do início das aulas presenciais.

O texto da nova portaria dia, ainda, que “os recursos educacionais digitais, tecnologias de informação e comunicação ou outros meios convencionais poderão ser utilizados em caráter excepcional, para integralização da carga horária das atividades pedagógicas”, no cumprimento das medidas para enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

 

AL está entre os sete estados brasileiros que possuem 100% de cobertura do Samu

Qualquer um dos 3.351.543 alagoanos que precisarem de um socorro de urgência pode contar com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Alagoas. Esteja no Alto Sertão ou no Litoral Norte, passando pelo Agreste, Baixo São Francisco e Zona da Mata do Estado, caso haja necessidade de atendimento pré-hospitalar móvel, basta ligar para o número 192, que uma equipe de plantão estará disponível para realizar o atendimento e salvar vidas.

Somente sete estados e o Distrito Federal possuem 100% de cobertura territorial do Samu. No Nordeste, além de Alagoas, Sergipe e Paraíba são contemplados totalmente pelo serviço. Nas demais regiões do Brasil, segundo o Ministério da Saúde (MS), o Samu está presente em toda faixa territorial dos estados do Acre e Roraima (Norte), Goiás e Distrito Federal (Centro Oeste) e Santa Catarina (Sul).

Para prestar uma assistência de qualidade ao povo alagoano e aos turistas que visitam o Estado, as Centrais de Regulação do Samu Alagoas, localizadas em Maceió e Arapiraca, possuem uma estrutura composta por 59 ambulâncias. Elas estão divididas entre Unidades de Suporte Básico (USB) e Unidades de Suporte Avançado (USA), nove motolâncias e um helicóptero para o Serviço Aeromédico.

Bases Descentralizadas – Segundo Josileide Costa, supervisora geral do Samu Alagoas, toda essa estrutura está distribuída em 37 cidades, sendo duas Centrais e 35 Bases Descentralizadas, localizadas a cada 30 km, o que assegura uma cobertura de 100 do território alagoano. “O Samu Alagoas está completando 17 anos em dezembro e construiu uma proximidade com a sociedade. E com a distribuição estratégica das Bases Descentralizadas, que garantem a cobertura de 100% do território alagoano, potencializamos a qualidade do atendimento pré-hospitalar”, destacou.

A Central Maceió do Samu Alagoas é responsável por coordenar 16 Bases Descentralizadas, localizadas em União dos Palmares, Viçosa, São Miguel dos Campos, Porto Calvo, Coruripe, Joaquim Gomes, São Luiz do Quitunde, Maragogi, Teotônio Vilela, Rio Largo, Murici, Marechal Deodoro, Barra de Santo Antônio, Colônia Leopoldina, São Miguel dos Milagres e Atalaia.

As outras 19 Bases Descentralizadas estão ligadas à Central de Regulação de Arapiraca e ficam localizadas nas cidades de Penedo, Ouro Branco, Delmiro Gouveia, Pão de Açúcar, Santana do Ipanema, Palmeira dos Índios, Cacimbinhas, Maribondo, Porto Real do Colégio, Campo Alegre, Mata Grande, Girau do Ponciano, São Sebastião, São José da Tapera, Inhapi, Piranhas, Olho D´Água do Casado, Batalha e Traipu.

Atendimentos – As equipes do Samu Alagoas são compostas por enfermeiros, condutores socorristas, médicos e técnicos de enfermagem. Todos estão preparados para atender casos de urgência, como vítimas de acidentes de trânsito, quedas da própria altura, ferimentos por arma branca e por arma de fogo, quedas de altura, afogamentos, queimaduras, casos obstétricos, atendimento psiquiátrico, casos clínicos como suspeitas de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e suspeitas de Infarto Agudo do Miocárdio (IAM).

Outra ocorrência muito comum atendida pelo Samu são as transferências inter-hospitalares, fazendo o deslocamento de pacientes para hospitais de maior porte. Um dos pacientes que precisou desse atendimento foi o recém-nascido Ravy Azevedo, que foi transferido de Maceió até Recife (PE), com o intuito de corrigir uma cardiopatia congênita.

O transporte foi realizado pelo Serviço Aeromédico no início do mês de agosto, quando o bebê tinha apenas dois meses e quatro dias de vida. A mãe de Ravy, Alice Lins Azevedo, 24 anos, conta que o menino nasceu na Santa Casa de Penedo e, até ser transferido para o Real Hospital Português, no Estado vizinho, a criança ficou internada na unidade hospitalar penedense.

“Sou de Igreja Nova e fomos até Penedo para o Ravy nascer, mas, após o parto, os médicos perceberam esse problema no coraçãozinho dele. Quando me falaram que ele precisaria fazer uma cirurgia, fiquei desesperada, sem saber o que fazer. Mas, a equipe da Santa Casa conseguiu uma vaga para o meu menino em Recife e acionou o Samu para ser feito o transporte”, recordou, agradecida.

“No momento que soube que o Ravy iria para Recife de helicóptero com os socorristas do Samu, fiquei muito alegre, mas preocupada por não poder ir com ele. Entretanto, sabia que eles iriam cuidar bem do meu filho e iriam ajudar a salvar a vida dele. Só tenho a agradecer a todos que fizeram parte desse momento, tanto os profissionais do Aeromédico, como os socorristas da Base Descentralizada do Samu em Penedo, que também fizeram parte do atendimento”, disse a agricultora, ao informar que a cirurgia foi um sucesso e o pequeno encontra-se em recuperação.

Serviço Consolidado – Para Marcos Ramalho, secretário executivo de ações de Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), o serviço prestado pelo Samu é uma política pública de saúde já consolidada em todo o território nacional. “Não conseguimos imaginar o Brasil e a saúde pública sem a presença do Samu. Em Alagoas, com investimentos próprios do governo do Estado, como a aquisição de novos veículos, foi possível renovar a frota de ambulâncias, que ainda conta com veículos reserva. O Samu Alagoas faz a cobertura de 100% do estado, garantindo, assim, um atendimento mais próximo à população, para que os alagoanos sejam atendidos, no menor tempo possível, salvando vidas e evitando graves sequelas”, destacou.