Duplicação de Maceió a Arapiraca será entregue até o final de janeiro de 2021

Duplicação de Maceió a Arapiraca será entregue até o final de janeiro de 2021

Governador Renan Filho e secretário do Transporte, Mosart Amaral, visitaram a obra nesta sexta-feira (11)

A duplicação da AL-220, entre Maceió e Arapiraca, será entregue até o final de janeiro de 2021. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (11) pelo governador Renan Filho, durante visita à obra, ao lado do secretário de Estado do Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral.

“Essa é a obra mais importante para o desenvolvimento de Alagoas, que vai criar uma sinergia muito positiva entre as duas maiores cidades do estado, facilitar o escoamento da produção e trazer mais segurança para o cidadão que trafega por aqui”, afirmou Renan Filho.

Segundo ele, apenas um trecho de 4 km de extensão, nas imediações da Usina Porto Rico, não será entregue até o final de janeiro. Isso porque foi necessário fazer uma readequação no trajeto. A previsão é de que a intervenção seja concluída até o final do primeiro semestre de 2021.

“Esse era um trecho muito complicado, onde havia afundamento da rodovia e também muitos acidentes. Com a mudança do trecho, vamos tirar a sinuosidade, as curvas do traçado, para fazê-lo mais retilíneo, o que vai garantir muito mais segurança viária ao cidadão e deixar a cidade de Arapiraca ainda mais próxima de Maceió. Isso, somado à duplicação, vai reduzir o tempo de viagem em aproximadamente 30 minutos”, explicou o governador.

“O custo também vai diminuir consideravelmente, além de encurtar a distância com o novo traçado. A gente espera, no mais breve espaço de tempo possível, também concluir esse trecho”, acrescentou Mosart Amaral.

A obra de duplicação da AL-220 possui 81 km de extensão e investimento total de R$ 183 milhões. Dos três trechos em que foi dividida a duplicação, o primeiro deles já foi entregue, em 2018, compreendido entre a Barra de São Miguel e São Miguel dos Campos. São 18 km de extensão e R$ 48,5 milhões em recursos aplicados.

Os trechos II e III estão em obras. Eles ficam compreendidos, respectivamente, entre São Miguel dos Campos e Campo Alegre, com 31km de extensão; e entre Campo Alegre e Arapiraca, com 32 km.

O governador e o secretário sobrevoaram toda a extensão da obra e visitaram a pé o trecho II, justamente no local onde o traçado da pista está sendo alterado. O diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Hélder Gazzaneo; e o superintendente de Obras do órgão, Iran Menezes, também participaram da inspeção.

“Aproveitamos para sobrevoar o município de Taquarana, onde estamos também reconstruindo a rodovia que liga Arapiraca até a BR-316. Também passamos por Coité do Noia, onde visitamos a obra que liga a cidade até o Distrito do Oitizeiro. No começo de janeiro, vamos iniciar com toda a velocidade a obra que liga o Cadoz, em Limoeiro de Anadia, até Taquarana, o que vai aproximar as cidades, diminuir as distâncias e induzir o desenvolvimento”, acrescentou Renan Filho.

Investimentos para 2021

O governador falou ainda das obras que serão executadas a partir do próximo ano, a exemplo da duplicação de Arapiraca até a BR-101, em São Sebastião; e de Arapiraca a Delmiro Gouveia.

“Vamos também duplicar de Arapiraca a Palmeira dos Índios. São duas das maiores cidades de Alagoas. Duplicaremos ainda de Arapiraca até Delmiro, passando por Major Izidoro, Batalha, Olho D’Água das Flores, São José da Tapera, Olho D’Água do Casado e Piranhas”, pontuou o governador.

De acordo com ele, no dia 21 de dezembro acontecerá a licitação para execução das obras referentes aos dois primeiros trechos da duplicação Arapiraca – Delmiro Gouveia. “O primeiro será de Arapiraca até Major Izidoro e o segundo, de Major Izidoro até Olho D’Água das Flores”, citou.

Por fim, Renan Filho deu detalhes sobre o avanço das obras de duplicação da AL-101 Norte, de Maceió à Barra de Santo Antônio. “Estamos terminando, também, até o final de janeiro, o primeiro trecho até a Garça Torta e da Garça Torta para lá vamos iniciar para entregar pronto em 2022. Alagoas é hoje, sem dúvidas e sem medo de errar, o Estado que mais investe em novas rodovias”, finalizou Renan Filho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*