Coluna do RK- Bastidores da Política Nacional e Regional

Por Roberto Kuppê (*)

Fome, assaltos, pandemia…

Senhoras e senhores. Apertem os cintos. Bolsonaro não governa mais. Começam a surgir os primeiros sintomas do pós-vírus, a segunda onda: fome. A fome já está batendo na porta das pessoas. Assaltos são iminentes. Ontem à tarde, este articulista presenciou um quase assalto, na orla de Maceió. O medo do vírus dá lugar ao medo da fome e suas consequências. É urgente que o governo federal derrame bilhões para a população.

Ponta Verde

O Hotel Ponta Verde de Maceió dará uma pausa, a partir de 31 de março.
Segundo nota de esclarecimento o Grupo fala da importância de  salvaguardar a vida/saúde de clientes , parceir@s,  colaborador@s e comunidade, conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde.
Medidas duras e assertivas  são necessárias para a normalização da pandemia- afirma a representação do hotel.

Pousada Quaraçá

Pelo mesmo motivo, também a Pousada Quaraçá, da Pajuçara, vai fechar a partir do dia 31 de março por 30 dias. O Quaraçá atende à Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Alagoas (ABIH-AL), que recomendou que o setor hoteleiro em Alagoas suspenda as atividades a partir do dia 1º de abril, para conter a disseminação do novo coronavírus no estado e proteger hóspedes e funcionários.

Bolsa Família

Quem tem Bolsa Família vai sofrer também porque muitas famílias complementavam essa renda com bicos. É muito pouco para alimentar muitas bocas ociosas. E não adianta falar: “vai trabalhar, vagabundo”. Até pessoas de classe média e empresários vão correr atrás de suas “bolsas”.

Concordamos

O deputado estadual Jair Montes (Avante-RO), fez várias indicações ao governo estadual e até federal. Dentre essas, a de suspender o pagamento de parcelas do Minha Casa Minha Vida. Boa. Jair Montes tem se mostrado muito atuante nesse período mais crítico da vida brasileira e, mundial. O deputado comemorou a aprovação da renda emergencial para pessoas em situação de vulnerabilidade durante a pandemia do coronavírus.

 

 

                            Não saiam de casa

O vírus é contagioso e pega fácil em quem está nas ruas. Portanto, não saiam de casa. É uma recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). É sério, gente. Não brinquem com suas vidas e com a de outras pessoas. tem gente desfilando em carro de luxo blindado pedindo pro povo voltar ao trabalho: isso é crime.

Carreata da morte

O Ministério Público Estadual de Alagoas (MPAL) expediu, nesta sexta-feira (27), uma recomendação à Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) para que a Polícia Militar acompanhe as manifestações anunciadas para este final de semana. Os atos, que estão sendo convocados pelas redes sociais, devem acontecer em defesa da revogação do decreto do governo do estado que estabeleceu o distanciamento social em razão da pandemia da Covid-19, ocasionando, com isso, a paralisação de várias atividades públicas e privadas. O documento foi assinado pelo chefe interino da instituição e por mais 12 promotores.  Na recomendação, o procurador-geral de justiça, Sérgio Jucá, pediu a adoção de todas as providências necessárias para que a Polícia Militar acompanhe “quaisquer manifestações, desde sua concentração, caso realizadas e concretizadas, evitando-se que os condutores e/ou passageiros saiam dos veículos e se aglomerem em determinado local, bem como reuniões, passeatas e atos de qualquer natureza, que gerem multidão, conforme proibição pelo Decreto no 69.541, de 19 de março de 2020”. Fonte: TNH1.

12 casos em AL

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informa, nesta sexta-feira (27/03), que Alagoas tem 12 casos confirmados da Covid-19, o que corresponde a 2% das notificações. Os dados constam do Boletim Epidemiológico 21, emitido pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs).

Mais dinheiro pra AL

Em votação remota simbólica nesta quarta-feira (25), o Senado autorizou o governo de Alagoas a receber empréstimo de US$ 136,2 milhões da Corporação Andina de Fomento (CAF). A verba se destina a financiar parcialmente o Programa Estrutura Alagoas, que contempla obras de saneamento, urbanização e transportes.

 

E a comunidade LGBT?

Além das pessoas em condições de rua, outra parcela da população está desprotegida e esquecida. Os LGBT. Principalmente os travestis que vivem do sexo nas ruas. Muitos pagam aluguel e se alimentam do”suor” do seu trabalho.

Professora da Unir

Informações dão conta de que uma professora da Unir (Rondônia) teria morrido vítima do Covid 19, o coronavírus. O caso dela ainda não foi incluído na estatística nacional.

(*) Roberto Kuppê é jornalista e articulista político

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*